Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2007 > Sistema de abastecimento de água beneficia mais de 3,4 mil pessoas no norte baiano
conteúdo

Notícias

Sistema de abastecimento de água beneficia mais de 3,4 mil pessoas no norte baiano

Mais de 3,4 mil pessoas serão beneficiadas com o sistema de abastecimento que vai levar água para comunidades rurais difusas no município de Casa Nova, no Baixo Médio São Francisco, na Bahia. O investimento da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) será de R$ 17,2 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por meio do programa Água para Todos, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional.
publicado: 16/08/2013 10h11, última modificação: 20/06/2018 17h17

Mais de 3,4 mil pessoas serão beneficiadas com o sistema de abastecimento que vai levar água para comunidades rurais difusas no município de Casa Nova, no Baixo Médio São Francisco, na Bahia. O investimento da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) será de R$ 17,2 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por meio do programa Água para Todos, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional.

A assinatura da ordem de serviço será no sábado (17), às 9h, na sede do município, a 580 km de Salvador e a 70 km de Juazeiro, com a presença do governador Jaques Wagner e do presidente da Codevasf, Elmo Vaz. “Essa é mais uma obra estruturante que estamos iniciando em parceria com o governo do estado, e que vai ajudar a atenuar os efeitos da estiagem prolongada em zonas rurais do semiárido”, observa o presidente da Codevasf.

O engenheiro civil e chefe da Unidade de Gestão de Recursos Hídricos da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Denilson Pereira de Souza, explica que o sistema simplificado de abastecimento de água busca oferecer à população beneficiada condições de higiene e de qualidade da água para consumo humano, contribuindo dessa forma para a melhoria das condições de saúde. “Com o sistema implantado, é grande o impacto na redução do índice de doenças causadas por parasitas provenientes da água”, destaca.

O projeto no município de Casa Nova compreende três subsistemas – Luis Nunes, Lagoado e Serra Branca – com captação de água no lago da barragem de Sobradinho. O sistema simplificado de abastecimento é composto de captação superficial por meio de flutuantes; adutoras de água bruta; tratamento da água por meio de estações de tratamento compactas (Luis Nunes e Lagoado) e clássica (Serra Branca); reservação de água por meio de reservatórios elevados; e redes de distribuição, com ligações domiciliares. A previsão é de que a obra seja concluída em outubro de 2014.

Ao todo, serão 27 comunidades rurais difusas beneficiadas no norte baiano: Luis Nunes, Lagoado, Lajeiro, Lagoinha, Sítio Mangangá, Sítio Toca, Fazenda Santa Isabel, Fazenda Santarém, Boa Vista, Pilão, Caldeirão, Jurema, Sítio Mandacaru, Zé Inácio, Xiquexique, Ponta D’água, Entroncamento, Pascasso, Sítio Nova Olinda, Algodão de Baixo, Algodão de Cima, Mãe D’água, Serra Branca, Boa Vista I, Salina, Sítio Fernando e Riacho do Parcácio. Hoje, o acesso a água nessas comunidades é feito principalmente por meio de cisternas, carros-pipa ou coleta da água diretamente no rio pelos moradores.

“A expectativa é muito boa. Essa obra vai facilitar o acesso a água e trazer enorme benefício para a população que estava esperando pelo sistema de abastecimento. Os moradores do município aguardam ansiosos por outras ações do governo federal”, afirma o prefeito de Casa Nova, Wilson Freire Moreira.

Água para Todos

O programa Água para Todos é coordenado pelo Ministério da Integração Nacional e tem como meta prioritária universalizar o acesso a água no semiárido brasileiro. A Codevasf é uma das instituições executoras do programa e deverá instalar 160 mil cisternas de abastecimento humano, 1.010 barreiros, 865 poços e 1.520 sistemas simplificados de abastecimento.

Em julho deste ano, o presidente da Codevasf, Elmo Vaz, assinou ordem de serviço para a instalação de mais 38.252 cisternas na Bahia, as quais vão beneficiar uma população de 54 municípios no estado.

As cisternas instaladas pela Companhia são de polietileno e têm entre as principais características a resistência, a facilidade de instalação e a vedação do armazenamento. O abastecimento das cisternas ocorre durante os períodos chuvosos: a água da chuva é aparada no telhado da residência onde vive a família beneficiada e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório.

Com a observância de cuidados básicos – que são comunicados aos beneficiados em treinamentos específicos – a água é própria para beber e para o preparo de alimentos. Cada reservatório pode armazenar 16 mil litros de água, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.

Ouça a notícia da Rádio Codevasf:

http://www.codevasf.gov.br/principal/promocao-e-divulgacao/central-de-radio/materias-e-entrevistas-2013/14-obras-de-saneamento-vao-garantir-mais-qualidade-de-vida-aos-moradores-de-casa-nova-na-bahia.mp3

16/08/2013