Você está aqui: Página Inicial > Linhas de Negócio > Irrigação > Sistema Itaparica > Situação Atual
conteúdo

Situação Atual

por Danilo publicado 27/07/2018 19h45, última modificação 27/07/2018 19h48

Em termos de área irrigável, os perímetros de irrigação do Sistema Itaparica localizados no Estado de Pernambuco totalizam 9601 ha, e na Bahia, 3.949,50 ha.

O cenário da agricultura no ano de 2008 foi caracterizado pelo cultivo de aproximadamente 75% da área irrigável total, com uma produção da ordem de 195.846,00 toneladas.

Nos perímetros da 3ª e 6ª Superintendências, a área cultivada ocupou, respectivamente, 63,57% e 36,43% em relação ao total cultivado, conforme a distribuição apresentada por perímetro nos Gráficos 1 e 2.

 

Gráfico 1 - Distribuição da área cultivada, em %,dos perímetros do Sistema Itaparica em operação na 3ª SR.

Gráfico 2 - Distribuição da área cultivada, em %, dos perímetros do Sistema Itaparica em operação na 6ª SR.

De acordo com a Tabela 1, as culturas permanentes registraram quase a totalidade da produção nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 3ª SR, gerando um VBP de aproximadamente R$ 49 milhões

 

Tabela 1 – Produção e área cultivada, em %, das culturas temporárias e permanentes nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 3ª SR (2008)

Empreendimento

Produção (t)

Área Cultivada (ha)

Temporárias

Permanentes

Temporárias

Permanentes

Familiar

9,15%

90,85%

15,40%

84,60%

 

As permanentes mais representativas foram banana e coco verde, responsáveis por mais da metade da área cultivada total nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 3ª SR, o que resultou um VBP de aproximadamente R$ 34 milhões. Entre as demais culturas cultivadas, destacam-se a goiaba, a manga e o mamão, conforme o Gráfico 3.

Gráfico 3 - Principais culturas nas áreas rrigadas cultivadas dos perímetros do Sistema Itaparica da 3ª S.R.

Estima-se a geração de 6.500 empregos diretos e 10.000 indiretos nos perímetros Apolônio Sales, Barreiras I, Brígida, Caraíbas, Icó-Mandantes e Manga de Baixo.

Nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 6ª SR, a área sob cultivo de culturas permanentes registrou um volume de cerca de 110 mil toneladas resultante do cultivo de 70% da área cultivada total nos perímetros de Glória, Pedra Branca e Rodelas, conforme Tabela 2. Já a representatividade do VBP das culturas temporárias nos perímetros da 6ª SR registrou quase 8 pontos percentuais a mais em relação aos da 3ª SR.

Tabela 2 – Produção e área cultivada, em %, das culturas temporárias e permanentes nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 6ª SR (2008)

Empreendimento

Produção (t)

Área Cultivada (ha)

Temporárias

Permanentes

Temporárias

Permanentes

Familiar

13,02%

86,98%

29,23%

70,77%

 

Tanto nos perímetros do Sistema Itaparica vinculados à 3ª SR, como nos da 6ª SR, o cultivo de banana e coco verde totalizaram mais de 50% da área total cultivada, gerando um volume total produzido de aproximadamente 140 mil toneladas e um VBP de 50 milhões de reais, o equivalente a, respectivamente, 71% e 69% da produção e VBP totais de todos os perímetros do Sistema Itaparica. Entre as demais culturas sob cultivo, destacam-se amendoim, manga e mamão, conforme o Gráfico 4.

Estima-se a geração de 3.300 empregos diretos e 5.000 empregos indiretos nesses perímetros.

Gráfico 4