Document Actions
Polos de Desenvolvimento

Os perímetros irrigados traduzem a história da Codevasf. A partir da segunda metade da década de 60, a concentração de investimentos federais no vale do rio São Francisco, para criação de infraestrutura de irrigação e geração de energia elétrica, provocou novos investimentos voltados para o fortalecimento da infraestrutura socioeconômica. Contribuiu para isso o desenvolvimento que a região passou a apresentar com os impactos da agricultura irrigada na produção de alimentos, na criação de empregos e no aumento da renda regional. Nas décadas de 80 e 90, houve maior liderança do setor privado, por meio da organização dos empresários, motivado pela necessidade de competição nos mercados nacionais e internacionais, que passou a pressionar o Governo pela ampliação da infraestrutura.

As realizações pioneiras e os trabalhos persistentes da Codevasf, ao longo dos tempos, aliados às ações de instituições públicas e privadas, resultaram numa expressiva melhoria dos indicadores socioeconômicos do Vale, que dispõem, atualmente, de poderosos aparatos de energia e transporte. São nove os polos de desenvolvimento no vale do São Francisco. Excetuando-se os polos Brasília e Belo Horizonte, os demais resultaram, em grande parte, da concentração da irrigação e das demais ações da Codevasf.

atualizado em 13/09/2012 15:27