Document Actions
Mirorós

Localização: Municípios de Gentio do Ouro e Ibipeba - BA - Médio São Francisco
Área Irrigável: 2.159 ha
Área Ocupada: 1.626 ha (796 ha – lotes familiares; 830 ha – lotes empresariais)
Fonte hídrica: Barragem Manoel Novaes - Rio Verde
Vazão outorgada vigente: 21.939.840 m3.ano-1
Investimento até 2015: R$ 242.578.852,90
Dados da infraestrutura: 31,3 km de canais; 116 km de adutoras; 35 km de drenos; 112 km de estradas; 6 estações de bombeamento
Início de funcionamento: 1996
Início da cogestão: 1998

As obras do projeto Mirorós tiveram início em 1992 e foram finalizadas em 1995. A captação da água é realizada na barragem de Mirorós, construída pela Codevasf sobre a calha do Rio Verde.
Nos últimos anos devido à redução do volume de água que é verificado desde 2008, a produção no projeto tem sido prejudicada. Existe dificuldade de fornecimento de água, sendo que apenas 40% da área irrigável recebe água de qualidade.

PRODUÇÃO AGRÍCOLA

mirorós_teste 
Figura 1:
Evolução do Valor Bruto de Produção do projeto de Mirorós entre os anos 2013 e 2016.

Características

Essa condição de baixa qualidade da água do projeto  tem comprometido a produtividade e a qualidade da produção. No entanto, como é possível observar na Figura 1, a produção familiar tem crescido nos últimos anos, praticamente igualando-se a empresarial em 2016.
Observa-se que as culturas permanentes predominam tanto em lotes familiares quanto empresariais e que o VBP total tem aumentado ao longo dos anos. Há predominância da exploração de banana, que representou, em 2016, 92% do VBP (FIGURA 2).
Os principais sistemas de irrigação são a microaspersão e o gotejamento.

 Mirorós_culturas
Figura 2:
Principais espécies cultivadas no projeto, de acordo com o VBP, no ano de 2016.

POTENCIALIDADES

Estima-se a geração 1.027 empregos diretos e 1.540 empregos indiretos, com uma produção de 16.466 t de alimentos em 2016.

atualizado em 20/11/2017 14:05