Document Actions
Maniçoba
Localização: Município de Juazeiro - BA – Submédio São Francisco
Área Irrigável: 9.452 ha
Área Ocupada: 4.807 ha (1.781 ha – lotes familiares; 3.026 ha – lotes empresariais)
Fonte hídrica: Rio São Francisco
Vazão outorgada vigente: 118.046.918 m3.ano-1
Investimentos até 2015: R$ 83.883.895,14
Dados da infraestrutura: 156 km de canais; 8 km de adutoras; 97 km de drenos, 223 km de estradas; 3 estações de bombeamento
Início de funcionamento: 1980
Início da co-gestão: 1990

A construção do projeto de irrigação Maniçoba compreendeu o período de 1975-1981. No início de sua ocupação e operação em 1980 o projeto apresentava uma área de 4.293 ha, ocupada por 234 lotes de pequenos irrigantes em uma área de 1.889 ha, e por 80 lotes empresariais em 2.379 ha. A água para a irrigação do projeto é distribuída por três estações de bombeamento. Dentre a infraestrutura social constam dois núcleos habitacionais e um centro técnico-administrativo. Encontram-se ocupados atualmente uma área irrigável total de 4.807 ha, sendo 63% área empresarial.


PRODUÇÃO AGRÍCOLA

 
Maniçoba_evolução
Figura 1: Evolução do Valor Bruto de Produção do projeto Maniçoba, entre os anos 2013 e 2016.
 

Maniçoba_culturas
Figura 2: Principais espécies cultivadas no projeto, de acordo com o VBP, no ano de 2016.

Características

Conforme observado na Figura 2, as culturas mais expressivas no projeto, de acordo com o VBP, são a manga a uva e a cana-de-açúcar. Em 2016 a área cultivada com essas culturas correspondeu a 56%, 4% e 28% da área total sob cultivo, respectivamente. Isso mostra o melhor rendimento da cultura da uva, que mesmo registrando apenas 4% da área cultivada, foi responsável por 16% do VBP total. Já a cultura da cana-de-açúcar que ocupou 26% da área cultivada total, contribuiu com 12% do VBP. A área cultivada em lotes familiares correspondeu a 50% do total da área cultivada no projeto e a sua contribuição com a comercialização de manga foi de 41% na composição do VBP total. Em contrapartida, o montante resultante da comercialização de uva e da cana-de-açúcar foi em quase sua totalidade originado da área empresarial do projeto, e representou 27% do VBP total.
A Figura 1 mostra a evolução do VBP do projeto ao longo dos anos e como pode ser observado, houve queda de 27% entre 2013 e 2014, havendo novo crescimento de 31% em 2015 e, posteriormente redução de 15% em 2016. Também é possível observar que os lotes familiares tinham maior contribuição com o VBP, igualando-se aos empresarias em 2016.

Os principais sistemas de irrigação são a irrigação por superfície, microaspersão e gotejamento.


POTENCIALIDADES

Estima-se a geração de 6.654 empregos diretos e 9.982 empregos indiretos, com uma produção de 282.495 t. de alimentos em 2016.

atualizado em 20/11/2017 14:42