Document Actions
Jacaré-Curituba

Descrição:

Implantação do Projeto Jacaré Curituba com área irrigável estimada de 3.105 ha, compreendendo estudos e projetos, aquisição de terras, infraestrutura básica de uso comum e medidas de proteção ambiental. Inclui ainda administração fundiária, organização de produtores, apoio em administração, operação, manutenção, assistência técnica e capacitação de técnicos e agricultores na fase de operação inicial.


Objetivo:

Contribuir para o desenvolvimento da região semiárida através da agricultura irrigada, dentro da sustentabilidade ambiental, incorporando 3.105 ha ao processo produtivo; elevar a produção e a produtividade das safras agrícolas, gerando renda, aumento da oferta de alimentos e propiciando a abertura de empregos diretos e indiretos.


Localização/logística:

O projeto Jacaré-Curituba localiza-se a noroeste do estado de Sergipe, próximo à Usina Hidroelétrica de Xingo, ocupando parcialmente os municípios de Canindé do São Francisco e Poço Redondo. O acesso à área do projeto via terrestre é feito através das rodovias BR-235, SE-175 e SE-230, chegando até a cidade de Canindé do São Francisco.


Coordenadas geográficas:

  • Latitude: 9º42' S
  • Longitude: 37º44' W


Justificativa:

Aumentar a produção e a produtividade agrícolas mediante a introdução da irrigação; Aumentar as oportunidades de emprego na região; Promover o desenvolvimento regional;


Indicadores selecionados:

  • População beneficiada: 13.041
  • Área irrigada no ano (ha): 528,47
  • Nº Empregos diretos: 3.105
  • Nº Empregos indiretos:6.210


Características básicas:

  • Fonte hídrica: Rio São Francisco
  • Bacia/sub-bacia: São Francisco
  • Vazão requerida (m3/s): 3,2
  • Vazão atual (m3/s): 0,54
  • Energia elétrica: Sergipe Distribuidora de Energia S/A - Ebergisa
  • Potência Requerida (kVA): 3.500
  • Potência atual instalada (KVA): 5.000
  • Tipos de solos: luvissolos, planossolos, vertissolos e neossolos
  • Principais culturas: abacaxi, abacate, acerola, algodão, manga, melão, banana, limão, milho, tomate, uva.
  • Sistemas de irrigação preconizados: microaspersão e gotejamento


Observações:

O Projeto iniciou em 1997, em parceria com o Ministério da Integração Nacional, com a interveniência da SEINFRA/SE, através do Convênio nº 021/97-MMA/SRH. Em 29/05/2006, por meio da Portaria nº 430, o MI incumbiu à Codevasf a responsabilidade pela gestão do Projeto .

atualizado em 05/09/2011 15:18