Document Actions
Bebedouro

Localização: Município de Petrolina - PE – Submédio São Francisco
Área Irrigável: 2.418 ha
Área Ocupada: 1.892 ha (1.034 ha – lotes familiares; 858 ha – lotes empresariais)
Fonte hídrica: Rio São Francisco
Vazão outorgada vigente: 33.149.384 m3.ano-1
Investimentos até 2015: R$ 5.856.306,60
Dados da infraestrutura: 31 km de canais; 45 km de estradas; 64 km de drenos; 5 estações de bombeamento
Início de funcionamento: 1968
Início da co-gestão: 1998

A construção do projeto de irrigação Bebedouro iniciou-se em 1968. No mesmo ano houve a ocupação e operação da Área PBI, denominada Bebedouro I, e em 1973, a área PB II, Bebedouro II, foi ocupada. As duas áreas abrangem uma área total de 2.418 ha, com 141 lotes de pequenos irrigantes e 5 lotes empresariais. O projeto, com uma população estimada de 3.105 habitantes, conta com uma infraestrutura social e serviços composta de um centro administrativo, sete núcleos habitacionais internos, duas escolas, um posto de saúde, duas creches e três igrejas. Encontram-se ocupados atualmente uma área familiar de 1.034 ha, correspondente a 115 lotes, e 858 ha de área empresarial, ocupando 5 lotes.


PRODUÇÃO AGRÍCOLA

 Bebedouro_evolução
Figura 1: Evolução do Valor Bruto de Produção do projeto Bebedouro, entre os anos 2013 e 2016.


Bebedouro_culturas
Figura 2: Principais espécies cultivadas no projeto, de acordo com o VBP, no ano de 2016.

Características

Há predominância da exploração da cultura da uva que representa 77% do VBP, seguido da manga (13%) (FIGURA 2). O VBP registrado com a comercialização de uva no projeto foi da ordem de R$ 34 milhões.  Essas culturas totalizaram 59% da área cultivada no projeto. As culturas permanentes, por sua vez, ocuparam cerca de 74% da área sob cultivo, sendo que os lotes familiares foram responsáveis por 76% (747 ha) dessa área.
A Figura 1 mostra a evolução do VBP ao longo dos anos, porém em 2016 houve uma redução de 10% do total, assim como o valor comercializado pelos empreendimentos familiares, que apresentou uma redução de 11% em relação ao ano anterior. 

Os principais sistemas de irrigação adotados são irrigação por superfície, microaspersão e gotejamento.

POTENCIALIDADES
Estima-se a geração de 1.149 empregos diretos e 1.723 empregos indiretos, com uma produção de 20.687 t de alimentos em 2016.

atualizado em 20/10/2017 16:41