Document Actions
Famílias de comunidades rurais no Norte de Minas são beneficiadas com capacitação em corte e costura

Famílias de comunidades rurais no Norte de Minas são beneficiadas com capacitação em corte e costura

A atividade de corte e costura tem representado uma nova alternativa de renda para comunidades rurais do Norte de Minas. Com o apoio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio do Projeto Amanhã, famílias de mais de 25 municípios mineiros vêm sendo beneficiadas com kits contendo materiais como máquinas de costura, mesas, fitas métricas, tecidos, linhas, tesouras e outros equipamentos e insumos necessários à atividade.

Além dos kits, os participantes recebem capacitação em modelagem básica, têxteis, estilismo, corte e costura, por meio de empresas contratadas ou em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Sindicato de Vestuário do Norte de Minas (Sindvest/Norte) e prefeituras municipais.

No município de Coração de Jesus (MG), donas de casa e jovens da Associação de Mulheres Unidas de Lapinha, localizada na comunidade de Luiz Pires de Minas, iniciaram um curso de aprendizagem, com conclusão prevista para o final de março. Nessa comunidade, as ações estão sendo desenvolvidas pela Codevasf em parceria com o Sindvest/Norte, que é também parceiro em outras ações sociais da Companhia na área de corte e costura, na região Norte de Minas.

A presidente da associação, a produtora rural Araci Fiuza da Silva, de 61 anos, destaca os benefícios dessa capacitação para a comunidade. "Além de propiciar mais uma fonte de renda, esse curso está melhorando a autoestima de jovens e mulheres, casadas e mães, que ficam em casa o dia inteiro só por conta dos serviços domésticos. Temos intenção de, após a conclusão do curso, produzir, dentre outras peças, uniformes escolares, que as escolas daqui mandam confeccionar em Montes Claros, a 70 km de distância”, explica.

Para a Associação de Lapinha, foram fornecidas quatro máquinas retas, tecidos, malhas, linhas, tesoura esquadro e outros materiais necessários aos cursos que ensinam aos participantes a confeccionar peças básicas de vestuário, como calça, saia, blusas, vestido e short. Com isso, eles desenvolvem a técnica para ser aplicada em outros itens.

Quando capacitada, a associação poderá ter disponibilizados, para ampliação do projeto, outros equipamentos como: máquinas de costura dos tipos reta, galoneira, overlock, caseadora doméstica, zig zag e pespontadeira; mesa de corte; cadeira giratória; malha PV; malha de algodão; tecidos como tricoline mista, linho, oxford e sacaria; tesoura; linhas overlock e reta; fita métrica.

A economista doméstica da Codevasf, Cleonice Santos, coordenadora do Projeto Amanhã em Minas Gerais, afirma que "a atividade de corte e costura vem despontando como mais uma alternativa de renda, principalmente para as mulheres rurais. São ações que propiciam a melhoria da qualidade de vida a partir do aumento da renda familiar". Ela explica, ainda, que diversos grupos estão conseguindo sua inserção no mercado por meio da prestação de serviços a confecções ou diretamente ao consumidor.

O presidente do Sindvest/Norte, Olímpio Maia Abreu, destaca a importância do projeto para o resgate da autoestima das mulheres das comunidades beneficiadas. Segundo ele, por meio dessa parceria com a Codevasf, o Sindvest fortalece a cadeia produtiva do setor, qualificando mão-de-obra para o Polo do Vestuário do Norte de Minas que engloba os municípios de Montes Claros, Espinosa, Monte Azul e Taiobeiras.

Destacando que essa é mais uma ação de importante alcance social desenvolvida pela Codevasf na região norte mineira, o superintendente da Companhia em Minas Gerais, Rodrigo Rodrigues, disse que o resultado obtido com a realização dos cursos de corte e costura na região deve-se muito à parceria com o Sindvest/Norte. "Estamos, por meio do Projeto Amanhã, cumprindo o nosso dever social e oferecendo possibilidades e alternativas de trabalho e renda aos jovens e produtoras rurais de baixa renda", conclui o dirigente da Codevasf.

Fotografia: https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157683798022226/with/33855339524/

atualizado em 11/03/2019 09:59