Document Actions
Sistemas de abastecimento vão levar água para 3,4 mil pessoas no semiárido baiano

Sistemas de abastecimento vão levar água para 3,4 mil pessoas no semiárido baiano

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), por meio da 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro (BA), vai concluir até o início de 2019 a implantação de três Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água no município de Casa Nova, na região norte da Bahia. Os sistemas vão levar água tratada para mais de 3,4 mil pessoas.

Ao todo, 28 comunidades rurais serão atendidas com água tratada, como Luiz Nunes, Lagoado, Lajeiro, Lagoinha, Sítio Mangangá e Fazenda Santa Isabel. O investimento do governo federal, por meio da Codevasf, foi de R$ 20 milhões, no âmbito do Programa Água para Todos.

“Esse é um sonho realizado. Esperamos muitos anos para ter água tratada na porta de casa”, diz o agricultor José Vidal, que mora na localidade de Lagoado.

Já Maria das Graças, que mora na fazenda Santa Isabel, acredita que agora a vida vai melhorar. “Para tomar banho, lavar a louça, limpar a casa e lavar roupa. Essa água tratada vai mudar nossa vida”, afirma.

O diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Fábio Miranda, ressalta a diferença que a água tratada fará na vida das famílias. “Prover essas comunidades de um bem tão precioso quanto a água é notável, e agrega qualidade de vida para essa população. Isso nos traz satisfação por fazer parte de mais um compromisso concluído pela Codevasf”, avalia.

Sobre os sistemas

O sistema simplificado de abastecimento de Luiz Nunes, o menor deles, é composto por captação flutuante de água, estação de tratamento (ETA) e um reservatório para 30 m³ de água. Ele vai beneficiar cerca de 68 famílias de pequenos produtores familiares.

Sistema de Abastecimento de ÁguaO sistema de Lagoado possui uma ETA, onze reservatórios elevados a uma altura entre 10 a 12 metros, com capacidade entre 5 e 15 m³, e sistema de captação flutuante de água no lago artificial da barragem de Sobradinho, composta por dois conjuntos de motobombas, com capacidade de bombear mais de 8,5 mil litros por hora. Ele deve atender aproximadamente 143 famílias.

Já o sistema de Serra Branca é composto por uma captação flutuante de água, uma estação de tratamento de água com capacidade de 13 litros por segundo, um reservatório enterrado de 15 m³ e dezesseis reservatórios elevados com capacidade entre 5 a 70 m³, interligados a uma adutora principal e uma rede de distribuição de aproximadamente 160 quilômetros. A previsão é que esse sistema de abastecimento de água atenda mais de 665 famílias.

O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Elmo Nascimento, acredita que essa é uma grande conquista para a população de Casa Nova, principalmente do interior do município, onde a água chegava por meio de carros-pipa e poços artesianos. “Esses sistemas vão melhorar também a saúde dessas populações rurais e garantir melhores condições de vida”, conclui.

Veja fotografias:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157704632402175

atualizado em 17/12/2018 16:36