Document Actions
Montes Claros sedia 1º Seminário sobre Frutos do Cerrado promovido pela Codevasf

Montes Claros sedia 1º Seminário sobre Frutos do Cerrado promovido pela Codevasf

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realiza, nesta quinta-feira (8), em Montes Claros (MG), o 1º Seminário sobre Frutos do Cerrado. O encontro tem como tema a discussão sobre agroextrativismo e comercialização sustentável do pequi no norte de Minas Gerais, visando o fortalecimento da atividade na região. A abertura contou com a participação do diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Fábio Miranda; do superintendente regional da Codevasf em Minas Gerais, Rodrigo Rodrigues, além de diversas autoridades da região. O evento acontece no auditório da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Na abertura do encontro, Fábio Miranda ressaltou a importância do segmento para a economia da região. “Em 2016, foram produzidas cerca de 28 mil toneladas de pequi na região, gerando uma receita de quase R$ 8 milhões por ano. Essa informação reforça a nossa preocupação em apoiar esse tipo de atividade pela importância na geração de emprego e renda para a população. Nosso apoio tem sido, entre outros aspectos, na superação dos gargalos quanto à comercialização dos frutos”, enfatizou Miranda.

Em seu pronunciamento, Rodrigo Rodrigues também falou sobre a importância econômica do setor. “Os Arranjos Produtivos Locais – APLS têm uma atenção especial da Codevasf em Minas Gerais. No tocante ao segmento de frutos dos cerrados, investimos mais de R$ 500 mil desde 2016, principalmente em capacitação e estruturação da atividade. Esse tipo de investimento vem ao encontro da missão da empresa que é produzir sem degradar o meio-ambiente”, afirmou Rodrigues.

Frutos do CerradoAlém de oferecer aos produtores orientações sobre exploração e produção agroextrativista, o objetivo do seminário é apresentar ao mercado consumidor o potencial de investimentos agroextrativistas na região do vale do rio São Francisco em Minas Gerais. Entre os assuntos abordados, foram debatidas experiências na comercialização do fruto do cerrado, formas organizativas da agricultura familiar no processo de comercialização, políticas públicas de apoio ao extrativismo e certificação e mercado de orgânicos.

Participam como parceiros na organização desse seminário o Núcleo do Pequi, Senar, Conab, Ufmg, Fetaemg, Idene, Amis, Central do Cerrado e Pró-Pequi.

Fotografias:

https://www.flickr.com/search/?user_id=92958717%40N05&view_all=1&text=frutos%20do%20cerrado


atualizado em 08/11/2018 12:34