Document Actions
Codevasf investe R$ 3 milhões em ação para abastecimento de água no semiárido pernambucano

Codevasf investe R$ 3 milhões em ação para abastecimento de água no semiárido pernambucano

Mais de 300 famílias da zona rural do município pernambucano de Serrita, situado a cerca de 600 km da capital Recife, estão sendo beneficiadas com seis adutoras, para abastecimento de água na região. A ação é resultado de investimento de R$ 3 milhões realizado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), somado a recursos de R$ 70 mil viabilizados pela Prefeitura Municipal.

As adutoras somam 13 km de extensão e abrangem as comunidades de Sítio Angico e Queimadas, Sítio Areal, Sítio Canto Escuro e Olho D’água, Sítio Colônio, Sítio Milhã e Sítio Viola de Santa Rosa, todas na zona rural do município de Serrita, semiárido do estado.

Antônio José de Souza é morador da comunidade Canto Escuro e conta que a realidade antes das adutoras era bastante difícil. “Pra ter água, a gente precisava buscar nos barreiros, cacimbas, com balde na cabeça, nos jumentos. Eu mesmo pegava água a mais de 9 km da minha casa. Pra ter água tratada, era preciso gastar quase R$ 200. Quando a gente não tinha esse dinheiro, o jeito era pedir emprestado”, conta.

Hoje, com a adutora, Antônio não tem mais essa despesa, nem precisa sair em busca de água. O líquido, tão precioso, sobretudo no sertão, agora chega na torneira de sua residência. “Nossa vida muda muito agora. Só nós sabemos a relevância disso tudo pra gente. É garantia de vida pra nossa região”, comemora.

De acordo com o superintendente regional da Codevasf em Pernambuco, Aurivalter Cordeiro, todo o sistema possui tratamento simples com desinfecção com cloração. “Mais de mil pessoas dessas comunidades, agora, contam com água tratada em suas casas. Todo o sistema possui tratamento simples com desinfecção com cloração, e cada uma das adutoras possui ao menos um reservatório, sendo que as comunidades de Sítio Canto Escuro e Olho D’água, as maiores, possuem três reservatórios e 3 km de adutora”, informa.

Ao longo de 2017, a Codevasf tem realizado diversas obras de abastecimento de água em municípios pernambucanos. Além de Serrita, Petrolina e Lagoa Grande já receberam sistemas de abastecimento, e comunidades rurais de outros municípios, como Santa Maria da Boa Vista, estão com obras em fase de conclusão.

Veja fotografias ilustrativas de ações de acesso a água:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157687325862693

atualizado em 03/10/2017 15:11