Document Actions
Codevasf inicia testes em adutora que beneficiará mais de 40 mil pessoas no norte da Bahia

Codevasf inicia testes em adutora que beneficiará mais de 40 mil pessoas no norte da Bahia

Empreendimento levará água a 71 comunidades rurais e à sede do município de Campo Alegre de Lourdes

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) iniciou nesta semana uma série de testes no Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) de Campo Alegre de Lourdes, situado na região norte do estado da Bahia. O sistema beneficiará a sede de Campo Alegre de Lourdes e 71 comunidades rurais desse município e de Pilão Arcado. A estrutura é composta por sistema adutor principal, estrutura da captação flutuante, estação de tratamento de água, subsistemas e adutora de água bruta e tratada, com extensão total de 153 quilômetros. Mais de 40 mil pessoas serão beneficiadas quando as obras estiverem concluídas e a estrutura for entregue à operadora do sistema.

O empreendimento é dividido em duas etapas. Os testes iniciados nesta semana estão sendo realizados na primeira etapa do sistema, que beneficiará 38 comunidades rurais – 16 em Pilão Arcado e 22 em Campo Alegre de Lourdes – e a sede de Campo Alegre de Lourdes. A extensão da primeira etapa das obras é de 94 quilômetros; 21 mil pessoas deverão ser beneficiadas.

A captação de água ocorre no lago da barragem de Sobradinho, no povoado de Passagem – localizado em Pilão Arcado. O sistema está situado na área de atuação da 6ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Juazeiro (BA). As obras do SIAA tiveram início em 2013 – quase R$ 80 milhões estão sendo investidos pelo governo federal na estrutura; desse valor, R$ 67 milhões já foram empregados.

“Esta obra tem uma importância muito grande para os municípios de Pilão e Campo Alegre de Lourdes, que sofriam com a oferta de água, uma vez que não possuíam um sistema regular de oferta de água. O abastecimento atual é feito através do uso de poços tubulares, com água salobra, carros-pipa, cisternas ou até chafarizes”, explica o superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Elmo Nascimento.

Os testes realizados pela Codevasf no sistema adutor principal do SIAA buscam identificar vazamentos, fissuras e outras imperfeições e concluir pequenas intervenções na estrutura. Eventuais problemas devem ser corrigidos em até 90 dias, quando terá início o período de pré-operação – nesse período, a construtura e a empresa selecionada para operar o sistema trabalhão coordenadamente em atividades de adequação do sistema.

Localidades beneficiadas pela 1ª Etapa do SIAA

Em Pilão Arcado serão beneficiadas as comunidades de Tanque Velho, Pintado, Caldeirão da Onça, Caititu, Espinheiro, Santiago, Salininha, Caldeirão do Boi, Carnaíba, Casa Verde, Vereda da Onça, Olho D’Água, Melância, Volta do Riacho, Lagoinha e Canto. Em Campo Alegre de Loures, além da sede do município, o sistema abastecerá Angico, Lagoinha II, Lagoa do Meio, Santa Rita, Lagoa do Arroz, Pajeú, Contendas, Boa Vista, Tapagem, Baixa Verde, Lagoa do Boi, Pedra Branca, Panaço, Lagoa Escondida, Riacho Alegre, Alegria, Lagoa da Onça, Caldeirão, Miragem, Alto Formoso, Gergelim e Lagoa dos Patos.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157696023731014

atualizado em 10/05/2018 17:43