Document Actions
Codevasf inicia conclusão de esgotamento sanitário em cidades do semiárido baiano

Codevasf inicia conclusão de esgotamento sanitário em cidades do semiárido baiano

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai investir quase R$ 10 milhões em obras para complementação dos sistemas de esgotamento sanitário (SES) das cidades de Ourolândia e Umburanas, no norte baiano. O contrato para o início das obras foi assinado nesta semana na sede de empresa, em Brasília, pelo presidente da Companhia, Avelino Neiva; pelo diretor da Área de Revitalização das Bacias Hidrográficas, Inaldo Guerra, e pelo representante da empresa contratada para a execução dos serviços, na presença do superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Elmo Nascimento.

Essas obras fazem parte do Programa de Revitalização do rio São Francisco, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Quando os sistemas estiverem concluídos terão capacidade para atender a uma população de até 11,5 mil habitantes em Umburanas e 10 mil moradores de Ourolândia.

Os projetos dos sistemas de esgotamento sanitário das duas cidades preveem a execução de rede coletora, de ligações domiciliares, de estações elevatórias e de estação de tratamento de esgotos.

Em Umburanas, a rede coletora de esgotos terá uma extensão de 18,5 Km e beneficiará mais de 1,8 mil domicílios. Já em Ourolândia, o sistema contará com uma rede de 22,8 Km, beneficiando quase 2,5 mil domicílios. Ambas terão seus sistemas de tratamento de esgoto compostos por digestores anaeróbios de fluxo ascendente (DAFAs), lagoas facultativas, lagoas de maturação, valas de infiltração e leitos de secagem. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos até janeiro de 2019.

Para Elmo Nascimento, a retomada das obras é uma grande notícia para ambas as cidades, um grande avanço para a região no que se refere às ações de revitalização do rio São Francisco. “Além disso, nós sabemos que a cada R$ 1,00 gasto em obras de esgotamento sanitário o poder público economiza R$ 4,00 em serviços de saúde. Estamos muito satisfeitos em dar esta boa notícia à população das duas cidades”, comenta.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157689539570470



atualizado em 05/04/2018 10:39