Document Actions
Codevasf inicia complementação do sistema de esgotamento sanitário de Igreja Nova (AL)

Codevasf inicia complementação do sistema de esgotamento sanitário de Igreja Nova (AL)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) vai investir mais de R$ 500 mil para complementação do sistema de esgotamento sanitário (SES) de Igreja Nova (AL). As obras tiveram início neste mês e devem ser concluídas em até seis meses. O SES integra as ações de saneamento ambiental do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Alagoas, que pretende reduzir a emissão de esgoto não tratado no “Velho Chico” e em seus afluentes.

“A Codevasf está retomando os trabalhos para dar condição plena de operação do sistema de esgotamento sanitário. Vamos concluir toda a rede coletora do projeto e o emissário final, que dependia da desapropriação de uma área já liberado pela Prefeitura de Igreja Nova. Também faremos a complementação de pequenos serviços que permitam que o sistema opere plenamente e em condições ideais”, explicou o engenheiro civil e gerente regional de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf em Alagoas, Wellington Medeiros Costa.

Segundo o gerente regional de Revitalização, a construtora que venceu a licitação para implantação do SES de Igreja Nova iniciou os trabalhos em 2010. Mas, antes da conclusão do esgotamento sanitário, a empresa abandonou a obra. Com isso, após o processo administrativo, no qual a empresa teve direito de defesa, foram impostas sanções à executora da obra, e iniciados procedimentos para inclusão da conclusão do SES na programação orçamentária da Codevasf.

A obra para complementação do SES de Igreja Nova prevê a conclusão da rede coletora em um trecho de cerca de 400 metros na sede do município e do emissário final a partir da disponibilização de uma área pela prefeitura municipal e ajustes na infraestrutura da estação de tratamento de esgoto (ETE) e na estação elevatória. “A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) acompanhará a execução dos serviços complementares para colocar em funcionamento o SES de Igreja Nova, já que a Casal será a operadora do sistema”, afirmou Wellington Medeiros Costa.

Para o superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Antônio Nélson de Azevedo, os investimentos realizados fortalecem os esforços do governo federal para a revitalização da bacia do chamado “Rio da Integração Nacional”. “Infelizmente tivemos o abandono da obra pela construtora em um primeiro momento. Mas, a Codevasf reuniu esforços e conseguiu disponibilidade de recursos orçamentários para conclusão do sistema. Quem ganhará com isso será a população que terá seu direito ao esgotamento sanitário assegurado e, como consequência, a promoção da saúde pública”, disse.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157694166100714

atualizado em 28/03/2018 14:34