Document Actions
Codevasf estrutura associações de pequenos produtores rurais na Bahia

Codevasf estrutura associações de pequenos produtores rurais na Bahia

Mais de 270 famílias de produtores rurais de Uauá e Mirangaba, municípios situados na região norte da Bahia, têm o que comemorar neste fim de ano. A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) estruturou quatro associações de pequenos produtores com tratores e kits de implementos agrícolas. O investimento, por meio 6ª Superintendência Regional, sediada em Juazeiro, ultrapassou R$ 421 mil, com recursos do Orçamento Geral da União, repassados à Codevasf por emenda parlamentar.

Em Uauá, a Associação de Desenvolvimento Comunitário Pedro Joaquim, a Associação Agropastoril de Desenvolvimento Comunitário da Fazenda Caldeirão dos Cágados e a Associação de Desenvolvimento Comunitário da Fazenda Santana foram equipadas, cada uma, com um conjunto de equipamentos composto de trator, carreta agrícola com capacidade para seis toneladas, grade aradora, sulcador e roçadeira hidráulica acoplável ao trator.

Já em Mirangaba, a Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais do Povoado de Lagoa Canabrava foi contemplada com trator, grande aradora e sulcador.

Para o presidente da Associação de Desenvolvimento Comunitário da Fazenda Santana, Manoel Dias, os equipamentos chegaram em boa hora. “Isso foi um grande presente para a gente. Todos estão aguardando ansiosos a chegada desses materiais. Tudo agora vai mudar. Nosso processo de trabalho ficará mais ágil e teremos um rendimento melhor nas nossas produções”, afirmou.

O presidente da Associação de Desenvolvimento Comunitário Pedro Joaquim, o agricultor Cosme Dias, agradeceu o apoio que a Companhia tem dado aos produtores rurais. “Parabenizo a Codevasf pelo trabalho que ela vem desenvolvendo ao longo desses anos. Isso fortalece cada vez mais o nosso semiárido. Precisamos muito da Codevasf, e é muito bom saber que a empresa está a nossa disposição, sempre preocupada com a nossa melhoria de qualidade de vida. Vamos começar o ano, muito bem”, disse.

“Nossa realidade agora será outra. Além de uma produção em maior escala, nossa associação terá uma economia maior, pois não precisaremos alugar máquinas para trabalhar em nossas lavouras. Agradecemos muito a Codevasf por essa oportunidade que estamos tendo, e esperamos outras parcerias pelos próximos anos”, comentou o presidente da Associação da Fazenda Caldeirão dos Cágados, José Domingues.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157662066330197

atualizado em 29/12/2017 16:40