Document Actions
Codevasf conclui obras de revitalização de sub-bacias hidrográficas em Santana de Pirapama (MG)

Codevasf conclui obras de revitalização de sub-bacias hidrográficas em Santana de Pirapama (MG)

O município mineiro de Santana de Pirapama foi beneficiado com mais uma ação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) dentro do Projeto de Revitalização de Bacias Hidrográficas. Em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater – MG), a companhia concluiu a construção de 260 bacias de captação de água de chuva e a implantação de 10 km de terraços.

O investimento foi de R$ 79 mil, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “São ações de controle e recuperação de processos erosivos executadas em sub-bacias formadoras da Bacia do Rio São Francisco que visam à melhoria da qualidade e da quantidade de água”, explica o engenheiro florestal Silvano Ferreira, da 1ª Superintendência Regional da Codevasf, com sede em Montes Claros (MG).

A construção de bacias de captação, também chamadas de barraginhas, consiste na escavação de bacias no solo para promover a captação de água das enxurradas, a contenção e a decantação de sedimentos, favorecendo a infiltração da água no lençol freático e possibilitando o aumento na recarga do aquífero.

Essas estruturas são de grande importância em áreas sem cobertura vegetal, onde as condições naturais reduzem a taxa de infiltração da água no solo e aumentam a velocidade de escoamento superficial da água das chuvas, provocando erosão que degrada e empobrece o solo, além de carrear sedimentos e causar assoreamento e poluição dos rios. A não-retenção da água no solo provoca, ainda, enchentes e diminui a sustentabilidade produtiva agrícola.

O terraceamento, por sua vez, consiste na implantação de terraços em nível por meio da realização de secções do terreno em sentido perpendicular à declividade. Os resultados obtidos com essa intervenção têm eficácia semelhante aos da construção das bacias de captação, pois são tecnologias utilizadas para retenção das águas das enxurradas e armazenamento da água no solo.

"Esse trabalho é de extrema importância. É uma solução baseada na natureza, as chamadas Nature Based Solutions ou NBS em inglês, que a ONU recomenda no relatório mais atual sobre água e desenvolvimento, lançado no dia 22 de março, Dia Mundial da Água, durante o Fórum Mundial da Água realizado em Brasília. A Codevasf vem utilizando esses recursos nas bacias onde atua, nesse caso as barraginhas e os terraceamentos, como ações de controle dos processos erosivos. A área de revitalização tem uma larga experiência em ações que utilizam recursos da natureza ou se baseiam na natureza", afirma o diretor de Revitalização das Bacias Hidrográficas da Codevasf, Inaldo Guerra.

Fotografia: https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157689830634830/with/9215397199/

atualizado em 13/04/2018 12:05