Document Actions
Codevasf beneficia comunidades rurais no Maranhão com acesso à água e casas de farinha

Codevasf beneficia comunidades rurais no Maranhão com acesso à água e casas de farinha

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) amplia o acesso à água em áreas rurais do Maranhão, além de estruturar famílias com a instalação de casas de farinha. Neste início de 2018, o superintendente regional da Codevasf, Jones Braga, autorizou o início das obras de implantação de Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água - SSAA em quatro povoados localizados nos municípios de Amarante do Maranhão, Senador La Roque, Barra do Corda e São Domingos do Maranhão.

Já em Buritirana foi realizada a inauguração de um sistema de abastecimento de água no povoado Cajá Branca, com cerca de 35 famílias beneficiadas. Valdirene dos Santos, que cedeu o terreno para a instalação do poço, falou sobre o recebimento da obra. “Só tenho a agradecer a cada um que lutou para trazer esse benefício para o nosso povoado. Quando doei o terreno, muitos me criticaram dizendo que eu poderia ganhar dinheiro vendendo a terra, porque não tinham mais esperança de que acabassem com o nosso sofrimento. Mas hoje toda a comunidade está vendo o resultado”, comemorou.

Os sistemas simplificados instalados pela Codevasf são compostos por poços, casas de bombas e reservatórios, assim como pelas ligações domiciliares por meio das quais a água chega às residências.

Além desses municípios, cerca de 2,7 mil famílias maranhenses tiveram os efeitos da estiagem prolongada amenizados a partir da instalação de 54 sistemas simplificados de abastecimento de água já finalizados. Eles estão localizados em diversos povoados nos municípios de Água Doce, Bom Jesus das Selvas, Codó, Colinas, Fortuna, Governador Archer, Igarapé do Meio, Lago da Pedra, São João do Sóter, Timon, Santa Filomena do Maranhão, São Mateus, Vitória do Mearim e Zé Doca. O investimento na ação é R$ 8,5 milhões.

Casas de farinha

Outra contribuição da Codevasf no Maranhão vai trazer melhores condições de trabalho para dezenas de famílias que tiram o sustento do beneficiamento da mandioca. Foram assinadas as ordens de serviço para o início das obras das Casas de Farinha dos municípios de Cantanhede e Matões do Norte.

Raimundo Correia, de 82 anos, morador de Cantanhede, trabalhou durante muito tempo no preparo da farinha. Atualmente, alguns de seus filhos estão envolvidos na atividade. Ele acompanhou atentamente a solenidade de assinatura. “Para mim é uma satisfação muito grande saber que a casa de farinha vai ser construída. Nós estamos muito felizes porque todo mundo vai aproveitar esse benefício”, comentou.

Os investimentos de R$ 265,6 mil são oriundos do Orçamento Geral da União e destinados à Codevasf por emendas parlamentares.

Fotografias:

https://www.flickr.com/photos/codevasf/sets/72157692110608724




atualizado em 31/01/2018 11:16