Document Actions
Centro de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) é inaugurado em Barreiras (BA)

Centro de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) é inaugurado em Barreiras (BA)

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em parceria com a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), inaugurou em Barreiras (BA) o Centro de Referência em Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD/UFOB). O investimento para implantação da unidade foi da ordem de R$ 993 mil. O Centro foi construído no Campus Reitor Edgard Santos.

A solenidade de inauguração aconteceu na quinta-feira (20). Na cerimônia, a Codevasf foi representada pelo chefe do Escritório de Apoio da Codevasf em Barreiras, Antônio do Carmo, e pelo gerente regional de Revitalização, Édson Marques Júnior. Também estiveram presentes no evento a reitora da UFOB e professora Iracema Veloso, além de pró-reitores, diretores, docentes, técnicos administrativos, estudantes, entre outras autoridades.

“Essa é uma ação importante. Trata-se de um CRAD na região dos cerrados, que é o berço de várias nascentes de rios importantes que abastecem o São Francisco. E, como sabemos, há cerca de 30 anos houve uma ocupação muito acelerada da região. Foi feita de uma forma muitas vezes indevida, causando inúmeros danos”, diz Antônio do Carmo, que também foi fiscal da obra de implantação do CRAD.

O Centro tem área construída de cerca de 430 metros quadrados, contando com área administrativa, laboratório, câmara fria, sala de pesquisa, sala para triagem de material, sala multifuncional e almoxarifado. O CRAD estará integrado ao Projeto Cerrado, que desenvolve pesquisas e atua em ações que buscam a recuperação florestal no oeste baiano.

Crad“Essa é uma contribuição da Área de Revitalização da Codevasf, como parte do processo de recuperação hidroambiental da bacia hidrográfica, como forma de desenvolver as melhores metodologias de recuperação, bem como de disseminação das práticas conservacionistas de água, solo e recursos florestais aos produtores e estudantes”, afirma Fábio Miranda, diretor da Área de Revitalização da Codevasf.

No Centro, serão desenvolvidos modelos demonstrativos de recuperação de áreas degradadas. O local poderá ser utilizado por estudantes de graduação e de pós-graduação, profissionais, pesquisadores, produtores rurais e técnicos em Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), além de outras pessoas que possuam interesse na recuperação de áreas de preservação permanente e reservas legais.

“As atividades que serão realizadas nessa estrutura têm vínculo próximo com o programa de pós-graduação em ciências ambientais. Além de capacitar estudantes, tem ainda uma relação direta com educação ambiental de produtores rurais e comunidade em geral, por meio das cartilhas técnicas desenvolvidas pelo Centro, que conscientizam e orientam sobre essa questão da preservação”, explica Iracema Veloso.

Veja fotografias:
https://www.flickr.com/photos/codevasf/albums/72157704875478064

atualizado em 21/12/2018 17:51