Document Actions
AÇÕES DA CODEVASF ESTIMULAM PISCICULTURA NO BAIXO SÃO FRANCISCO

AÇÕES DA CODEVASF ESTIMULAM PISCICULTURA NO BAIXO SÃO FRANCISCO

A CODEVASF desenvolve uma série de atividades para estruturar e desenvolver a piscicultura na região do Baixo São Francisco Sergipano, beneficiando 550 produtores em doze municípios da região.

A Estação de Piscicultura de Betume terá um orçamento de R$ 142,5 mil que permitirá a produção de 4 milhões de alevinos por ano. Atualmente a estação produz 2,7 milhões.

A Empresa também está investindo R$ 244,4 mil na mobilização e capacitação de produtores, pescadores artesanais e jovens rurais e na implantação de projetos-piloto de capacitação na atividade de piscicultura em tanques-rede e em viveiros escavados em terra. Serão capacitados 100 jovens rurais e 250 produtores e pescadores artesanais.

Ainda no Baixo São Francisco, está prevista a implantação e operacionalização do Centro de Referência em Aqüicultura do São Francisco (CERAQUA-SF), em Alagoas, junto à Estação de Piscicultura de Itiúba. O Centro possibilitará a execução de cursos para produtores e outros envolvidos nas atividades. Permitirá também a realização de experimentos para melhorar a produção e desenvolvimento de tecnologia própria, baseada no conhecimento inovativo e aprendizado interativo gerados pela integração da cadeia. Essas ações vêm consolidar o projeto de estruturação de arranjo produtivo local (APL) de Aqüicultura no Baixo São Francisco.

O Centro terá laboratórios de ictiopatologia, nutrição, bromatologia e limnologia; unidade de reprodução e larvicultura; viveiros e tanques para produção e pesquisas; salas de aula e biblioteca
atualizado em 13/10/2004 19:27