Document Actions
BAIXO SÃO FRANCISCO TERÁ UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE PESCADO

BAIXO SÃO FRANCISCO TERÁ UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE PESCADO

Pólo Baixo São Francisco A região do Baixo São Francisco, que compreende parte dos Estados de Sergipe e Alagoas, vai ganhar uma Unidade de Beneficiamento de Pescado. A obra será lançada nesta terça-feira (06) pelo secretário especial de Aqüicultura e Pesca, José Fritsch, e pelo Presidente da CODEVASF, Luiz Carlos Everton de Farias. Convênio entre os dois Órgãos está assegurando a aplicação de R$ 706 mil nessa Unidade, além de cerca de R$ 415 mil do PRONAF através da Prefeitura Municipal de Propriá, que permitirá a comercialização do pescado da região, beneficiando cerca de 300 produtores.


Além do incremento da produção, essa Unidade possibilitará a apresentação de um produto de melhor qualidade ao consumidor. Hoje, a comercialização do pescado está restrita às feiras livres locais e, na maioria das vezes, a preço abaixo do custo de produção. A Unidade vai agregar valor ao produto, aumentando a renda do produtor e a movimentando a economia da região.

No Baixo São Francisco, a capacidade de produção é de 5 mil toneladas de pescado por ano. A obtenção do Selo de Inspeção Federal (SIF) pela Unidade de Beneficiamento é outra vantagem da Unidade de Beneficiamento. Com ele, o pescado devem alcançar mercados de outros estados e também do exterior, abrindo novos canais de comercialização para a produção dessa região. Será feito o aproveitamento da carne retida nas carcaças após o filetamento dos peixes, que representa cerca de 20% no caso da Tilápia inteira. Esse aproveitamento possibilitará a elaboração de produtos isentos de espinha, tais como almôndegas e hamburgueres, que poderão ser utilizados, com segurança, na merenda escolar e em outros mercados. Está previsto o emprego de mão-de-obra feminina no trabalho de filetamento dos peixes, a exemplo das mulheres das famílias dos piscicultores e dos pescadores artesanais.


A Unidade de Beneficiamento de Pescado, localizada no Município de Propriá-SE, contará com frigorífico, câmara de estocagem, adutora de abastecimento e sistema simplificado de tratamento de água, rede elétrica externa, dentre outras. Suas obras deverão estar concluídas até o mês de outubro e será administrada por um Comitê Gestor formado por Organizações de produtores daquela região.


atualizado em 13/10/2004 19:30